Uma viagem pelo norte da Argentina

Para viajar em julho, eu tinha dois desejos: ir para algum lugar que me permitisse colocar a mochila nas costas fluindo pelos caminhos desconhecidos + poder praticar meu espanhol (que, até esse momento, era mais ou menos igual a nada). Foi conversando com uma amiga sobre lugares legais de se conhecer que ouvi falar pela primeira vez do que há no norte da Argentina.

Aposto que já te disseram que Buenos Aires é uma cidade incrível, riquíssima em cultura.
Aposto que você já pensou em ir a Mendoza passear por vinícolas e degustar o produto local.
Aposto também que a Patagônia – e toda aquela neve de Bariloche e arredores – já figurou na sua lista de destinos desejados.
Mas acho que tem uma grande possibilidade de você nunca ter ouvido falar que, próximo à Bolívia, diferente das montanhas verdejantes ou cobertas de neve, há deserto; há um povo que, fisicamente, segundo nossos pré conceitos, “nem parece argentino”; há uma cultura extremamente distinta do que encontramos na capital ou no sul do país.

20160721_163513

Eu aposto que você nunca viu tantos cactus na vida quanto vai ver nessa viagem.

Divido com vocês meu roteiro e meus gastos de viagem pela província de Jujuy, no norte da Argentina, para que talvez sirva como base para a sua viagem. A escolha da ordem das cidades foi de acordo com a minha praticidade e lógica; pode ser tranquilamente invertida e remodelada.

Continuar lendo

Anúncios